14 de fevereiro de 2013

Dieta caseira para pets – do que se trata?

Em função de uma demanda por uma alimentação mais saudável para os peludos, dietas caseiras foram estudadas e elaboradas para conter os nutrientes necessários para promover uma boa saúde.

Apesar de ser ainda um conceito muito novo no Brasil, dietas caseiras contendo alimentos frescos e nutritivos estão sendo oferecidas para animais de estimação, de forma segura e balanceada, por milhares de adeptos mundo a fora há anos!

Confira! Digite estas palavras na google: “Raw feeding”, “Raw diet dog cat”, “Barf diet”, “Alimentação Natural”, cães, gatos.

 Screen Shot 2013-02-14 at 6.16.52 PM

Existem fóruns, artigos, blogs e diversos sites em inglês que confirmam uma a existência de milhares de adeptos pelo mundo que optaram por outras métodos de alimentação há mais de 20 anos!

No Brasil, a dieta caseira esta deixando de ser associada aos velhos hábitos de “humanizar os pets” com “comida humana” e passou a se tornar uma interessante opção para quem quer oferecer um alimento fresco e nutritivo para seu pet de forma segura e balanceada.

Vamos analisar?

O que é “comida de humano”? Na minha opinião, acredito que comida de humano consiste de carnes, ovos, peixes, grãos, frutas, legumes e verduras. Se isso é considerado apenas “comida de humano”.  Então recomendo sim que todos pets carnívoros e onívoros comam isso!! Porque é comida de verdade!

       The Four Food Groups

Agora, biscoitos, pãozinho com manteira ou requeijão, docinhos, balas e temperos são produtos destinados somente para humanos e estes sim, são completamente inadequados para cães e gatos!

Biscoitos caninos, bifinhos e outros petiscos para cães e gatos, também não são alimentos! São apenas guloseimas que podem ser oferecidos para pets como recompensa. Pense nisso, você daria biscoito recheado e batata frita para seu filho como uma refeição?

nerdmachocombr

Restos de comida do prato do dono, oriundo de receitas de culinária humana não é dieta caseira para pets!!!!

Foto: www.nerdmacho.com.br

Então a preocupação de oferecer uma alimentação inadequada para a espécie só por que não se trata de uma ração não se justifica, quando se trata de uma dieta especificamente elaborada para seu pet, com os componentes necessários para promover sua saúde e sem ingredientes nocivos como temperos para uso humano.

Por isso é necessário entender que alimentação caseira NÃO significa dar “restos da nossa comida”. Alem de gerar desequilíbrios nutricionais, alguns temperos e ingredientes, como a cebola, por exemplo, podem ser bastante TÓXICOS para cães e gatos.  Outros alimentos humanos, como biscoitos salgados e doces, doces açucarados, pães, frituras e etc. também NÃO SÃO ADEQUADOS PARA PETS e estão associados e problemas gastrointestinais, formação de tártaro, obesidade, diabetes entre outras enfermidades.

Para uma lista de alimentos proibidos clique aqui

Pesquisando na internet, encontramos também, diversas modalidades de alimentação pet. Algumas muito interessantes e outras que causam bastante preocupação.

Dieta vegetariana para carnívoro obrigatório? Cuidado!

Fiquem longe de “modismos” e certifiquem-se que a modalidade tem embasamento nas verdadeiras necessidades nutricionais das espécies. Uma dieta saudável não é uma dieta com nomes atraentes e teorias inadequadas.

A opção saudável é bem simples e trata-se de respeitar a natureza do animal.

O animais se beneficiam de uma alimentação que respeita a sua fisiologia e seu metabolismo:  

Alimentação Natural para carnívoros

Um forte abraço a todos e obrigada por visitar!

Compartilhe nas Redes Sociais