Tendências Naturebas Pets

Lola

"Alimentação 100% Natural – Você e seus pets já estão preparados?"

Meaty Bones – Você está dando a quantidade certa de ossos?

ossos recreativos

 

Este post é direcionado aos adeptos de dietas cruas para pets. Pets com dietas cozidas não deverão comer ossos crus sem orientação.

O que são “meaty bones”?

Meaty Bones é o termo utilizado pelos autores de AN, BARF e RMB, para descrever ossos carnudos – ossos crus com carne aderida e que o animal conseguiria comer completamente. Ossos carnudos perfeitos são aqueles compostos por 50% osso puro e 50% carne aderida = 100% osso carnudo

Alguns exemplos: pescoço de frango e de peru, asas de frango e de peru, estes ossos carnudos contêm a mesma quantidade de osso e carne.

rmb

Foto: 1. citymarket.com.ni 2. omaspride.com

Mas e os outros ossos?

A maioria dos outros ossos, são compostos por proporções de carne e osso diferentes. Alguns tem muito mais osso, outros tem mais carne. E quando for o caso, é preciso fazer alguns cálculos ou compensações para não desbalancear a dieta.

Para ajudar a visualizar esta proporção, vamos utilizar, como exemplo, este molde:

50% ossos carnudos    →   50% ossos carnudos = 25% osso puro + 25% carne
15% carne desossada
10% vísceras
25% legumes

Então se formos destrinchar este molde para saber exatamente quanto de cada alimento devemos oferecer seria assim:

25% ossos puros
40% carnes  (25% que retiramos dos ossos carnudos + 15% da carne desossada da prescrição)
10% vísceras
25% legumes

Pés de frango, por exemplo, não tem carne aderida. Então, se você utilizar 50% de pés de frango, não estará ofertando 50% de ossos CARNUDOS. Estará dando mais osso do que deveria.

Então utilizando o exemplo acima, você irá ofertar somente 25% de pés de frango e acrescentará o resto dos 25% em carne desossada, junto com os 15% de carne desossada.

50% ossos carnudos   →   25% pés de frango + 25% carne pura
15% carne
10% víscera
25% legumes

Algumas outras opções incluem:

Na coxa, temos aprox. 40% osso para 60% carne
Na sobre-coxa temos aprox. 25-30% osso para 65-70% carne.
No peito temos 10-15% osso para 85-90% carne
Na carcaça limpa temos aprox. 70% osso e 30% de carne + vísceras

P1090280

Na sobre-coxa, por exemplo, temos mais carne do que osso. Nesse caso, você deverá retirar o excesso de carne da peça para que tenha 50% osso e 50% carne. E assim utilizar 50% de sobre-coxa de frango apos retirar o excesso de carne. Se você utilizar um osso com mais osso do que carne, compense colocando mais carne desossada.

gatos e ossosImagem: 1. bengalcatforums.com 2. arquivo pessoal 3. catlovingcare.com 4. retirado da internet (Reconhece? Me ajudem a colocar os créditos)

Dicas:

 – Se um dia entrar um pouco mais de osso, tudo bem, no dia seguinte, compense dando um pouco menos.
 – Evite dar excesso de osso que pode ressecar demais as fezes e ferir o seu pet na hora de evacuar.
 – Procure não desossar os ossos completamente antes de oferecer. A carne amortece os ossos na hora de comer.
 – Respeite a habilidade do seu carnívoro na hora de escolher os ossos carnudos.
 – Oferecer os ossos inteiros e deixá-los roer é estimulante e ajuda a limpar os dentes, no entanto se o seu pet não aceitar comer ossos inteiros, você poderá cortá-los em pedaços menores, moê-los, ou optar por uma dieta sem a oferta de ossos crus.
 – Ossos de fêmur ou canela de boi/ porco são muito duros e não são bons ossos carnudos. Evite-os até mesmo como ossos recreativos.
 – NUNCA, JAMAIS ofereça ossos cozidos, defumados, aferventados ou similar.

Se o seu pet não têm acompanhamento nutricional, procure sempre ler atentamente aos guias de alimentação natural de livros e sites idôneos.  Não corte caminho, você é responsável pelo seu pet, cuide bem dele!

Um forte abraço a todos e muito obrigada pela visita!

Sonali Rebelo
Medica Veterinária – CRMV RJ 10952
Nutrição Clínica

Compartilhe nas Redes Sociais