Tendências Naturebas Pets

Mixuruca

"Nutrição e medicina preventiva de cães e gatos"

Desafio 2 – É caro oferecer uma dieta caseira?

Medo de ser uma dieta cara – esta é uma preocupação comum, principalmente para aqueles que tem muitos pets ou cães de grande porte pois, supostamente, comparando-se a ração, precisariam de uma quantidade muito grande de alimento, o que encareceria a dieta.

Solução:

O custo de oferecer uma alimentação caseira cozida ou natural depende dos seguintes fatores:

Onde você compra: Se optar por comprar em supermercados caros o orçamento aumentará, a regra é a mesma daquela aplicada para as nossas compras do mês.  Recomendo feiras-livres, mercadões e supermercados populares, aonde você encontra preços muito mais convidativos, peças mais econômicas e promoções interessantes! Por exemplo, dependendo dos ossos carnudos eles poderão custar, em média, 1-3 reais o kg!

O que você compra: Se você optar por cordeiro, coelho e file mignon, prepare-se para pagar bem caro!! Peças menos nobres, mas igualmente nutritivas como frango (peito, coxa, sobrecoxa, ovos, moela), carnes bovinas (acém, músculo, patinho) e suínas (lombo, carré, paleta) são mais econômicas, assim como peixes (sardinhas, manjubinhas, cavalinhas). Escolhas que reduzirão consideravelmente o seu orçamento.  Mas se você quiser oferecer algumas carnes diferentes e caras de vez em quando (cordeiro, javali, rã), os nutrientes extras serão sempre bem-vindos e esta pratica não será tão onerosa.

Espaço no congelador para armazenamento: Se você tem uma grande quantidade de pets, ou pets de porte grande a gigante, um freezer espaçoso poder ser um interessante investimento para estocar e baratear o valor dos alimentos (podem ser comprados de segunda-mão!).  Alguns lugares dão um desconto extra quando você compra quantidades maiores, como frigoríficos e granjas.

Com um pouco de pesquisa de preços, organização para comprar em lugares mais baratos, uma alimentação fresca, rica em nutrientes in natura, variada e deliciosa poderá custar menos da metade do que alimentar com uma ração super-premium.

O objetivo de uma alimentação mais fresca e saudável é diminuir a freqüência de infecções crônicas, diminuir o acúmulo de cálculo nos dentes (tártaro) e a prevenção de doenças com um sistema imune fortalecido.  E quando ela é espécie-adequada e balanceada ela poderá reduzir outros custos importantes como a de medicamentos, consultas veterinárias, remoção cirúrgica de tártaro e etc. Aqui em casa costumo gastar em torno de 250-280 reais por mês para alimentar 2 cães de porte médio/grande e 4 gatos bons de garfo.

Sonali Rebelo
Médica Veterinária
CRMV RJ 10952
Nutrição Clínica

Compartilhe nas Redes Sociais